Emagrecer no Inverno: Dicas

Mito ou verdade: é mais fácil emagrecer no inverno?

Muitas pessoas acreditam que baixas temperaturas ajudam a provocar um aumento no peso, na verdade, o frio pode ser um grande aliado no emagrecimento, e dessa forma, este pode ser obtido de uma forma mais fácil no inverno. O gasto energético nessa estação é maior, cerca de 10% a mais por dia, porém, como se trata de um acréscimo energético relativamente baixo, o consumo de qualquer chocolate pode interferir negativamente no tão desejado emagrecimento. A perda de peso efetiva varia de um indivíduo para outro, pois existem diversos fatores que podem interferir no resultado final desse processo, como a própria alimentação, a prática de exercícios físicos e a hidratação corporal, uma vez que no inverno, o consumo de líquidos é geralmente menor.

Consumo de líquidos no inverno

Mesmo no inverno, cabe salientar que o consumo de água deve ficar próximo dos 2 litros diários. Afinal, embora o indivíduo não sinta tanta sede, mesmo em baixas temperaturas a necessidade do consumo de líquidos pelo organismo permanece inalterada.

Visando não atrapalhar muito a digestão, o ideal é que o consumo de líquidos não ocorra simultaneamente às refeições, devendo ser realizado uma hora depois. As pessoas que têm maiores dificuldades para se alimentar sem simultaneamente consumir líquidos, devem procurar diminuir a quantidade destes.

Pensando na hidratação, uma vez que normalmente as pessoas consomem menos água durante o inverno, uma sugestão é o preparo de bebidas quentes, como o chá verde e de hibisco, com canela ou gengibre.

O consumo de chá ou água quente antes das principais refeições aumenta o índice de saciedade. O líquido aquecido provoca uma dilatação no estômago, fazendo com que o corpo se torne saciado mais rapidamente. No inverno, o acréscimo de pimenta também é interessante, pois ela aquece o corpo e acelera o metabolismo.

Consumo de frutas e legumes no inverno

As recomendações são as mesmas para o ano todo, ou seja, as pessoas devem sempre consumir frutas, verduras e legumes, porém, no inverno geralmente há uma menor tendência para o consumo de todos esses alimentos. Diante disso, pode-se focar em sopas, caldos, legumes cozidos e frutas assadas com canela em pó, que por sua vez é termogênica, ou seja, acelera o metabolismo e, consequentemente, contribui para a ampliação da queima de gorduras.

A quantidade de frutas e legumes que devem ser consumidas diariamente variam de uma pessoa à outra. De modo geral, recomenda-se o consumo diário de três frutas e duas porções de vegetais, tentando assim proporcionar uma variação intensa de nutrientes. Uma outra dica é tomar sopa, a qual possibilita a introdução de várias opções de legumes.

As frutas podem ser consumidas à noite, mas o ideal é que seu consumo seja associado a algum outro alimento, como as castanhas, que ajudam a diminuir a absorção do açúcar (frutose) presente na fruta. A adição de alimentos ricos em fibras, como sementes de chia e aveia em flocos, também é válida. A banana pode ser aquecida e, posteriormente, salpicada com canela, proporcionando uma sensação prazerosa na hora de seu consumo durante os dias frios.

Prática de atividade física durante o inverno

Por fim, quem deseja emagrecer no inverno também deve praticar atividades físicas, mesclando exercícios aeróbicos com musculação. Durante o inverno, o frio faz com que o corpo gaste mais energia para permanecer aquecido, assim, o exercício físico praticado pode proporcionar uma maior queima de calorias. Entretanto, o resultado depende do tipo da atividade física e de outros fatores, como a dieta adotada.

Além disso, vale lembrar que existem tratamentos estéticos que também podem auxiliar no processo de emagrecimento. Veja mais no site metadrol.net.br.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>